A PARÁBOLA DO FILHO PRÓDIGO

A parábola do filho pródigo mostra como Deus nos ama, apesar de nossos erros. Deus está sempre pronto a perdoar quem se arrepende e fica feliz quando Seus filhos voltam para Ele. Jesus contou a parábola do filho pródigo para explicar o relacionamento de Deus com o pecador.

A parábola do filho pródigo conta sobre um homem que tinha dois filhos. Um dia o filho mais novo pediu sua parte da herança e foi embora para “curtir a vida”. O jovem gastou tudo em seus prazeres e acabou na pobreza. Depois houve uma fome no lugar onde ele estava e o único emprego que ele conseguiu para sobreviver foi a cuidar de porcos, que eram animais considerados impuros pelos judeus (Lucas 15:14-16 – :+: (14) Depois de ter gasto tudo, houve uma grande fome em toda aquela região, e ele começou a passar necessidade. (15) Por isso foi empregar-se com um dos cidadãos daquela região, que o mandou para o seu campo a fim de cuidar de porcos. (16) Ele desejava encher o estômago com as vagens de alfarrobeira que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada).

O jovem ficou com tanta fome que até ficou com vontade de comer a comida dos porcos! Então ele se lembrou da casa de seu pai, onde até os servos comiam bem. Ele se arrependeu e decidiu voltar para casa, pedir perdão a seu pai e pedir um emprego como um servo (Lucas 15:17-19 – :+: (17) Caindo em si, ele disse: Quantos empregados de meu pai têm comida de sobra, e eu aqui, morrendo de fome! (18) Eu me porei a caminho e voltarei para meu pai e lhe direi: Pai, pequei contra o céu e contra ti. (19) Não sou mais digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus empregados).

Quando o pai viu seu filho chegando de longe, ele correu ao seu encontro e o recebeu com alegria. O filho pediu perdão e tentou pedir um emprego, mas o pai o interrompeu, chamando os servos para trazer roupa nova para o filho e preparar uma festa (Lucas 15:22-24 – :+: (22) “Mas o pai disse aos seus servos: ‘Depressa! Tragam a melhor roupa e vistam nele. Coloquem um anel em seu dedo e calçados em seus pés. (23) Tragam o novilho gordo e matem-no. Vamos fazer uma festa e alegrar-nos. (24) Pois este meu filho estava morto e voltou à vida; estava perdido e foi achado’. E começaram a festejar o seu regresso). O pai não estava zangado nem desiludido; ele estava feliz porque seu filho tinha voltado em segurança!

Quando o filho mais velho chegou do trabalho, a festa já tinha começado. Ele ouviu que seu irmão mais novo tinha voltado e, em vez de se alegrar, ele ficou zangado! Seu pai veio falar com ele e o filho explicou que ele sempre trabalhou e fez tudo para agradar seu pai sem receber nada em troca. Agora ele se sentia injustiçado porque seu pai tinha feito uma festa por seu irmão irresponsável, somente porque tinha voltado para casa (Lucas 15:29-30 – :+: (29) Mas ele respondeu ao seu pai: ‘Olha! todos esses anos tenho trabalhado como um escravo ao teu serviço e nunca desobedeci às tuas ordens. Mas tu nunca me deste nem um cabrito para eu festejar com os meus amigos. (30) Mas quando volta para casa esse teu filho, que esbanjou os teus bens com as prostitutas, matas o novilho gordo para ele!’).

O pai explicou que tudo que ele tinha pertencia ao filho mais velho. Mas a celebração era importante porque antes era como se o filho mais novo estivesse morto e agora tinha voltado à vida! O pai não estava celebrando os erros do filho, mas sim sua mudança de vida (Lucas 15:31-32 – :+: (31) “Disse o pai: ‘Meu filho, você está sempre comigo, e tudo o que tenho é seu. (32) Mas nós tínhamos que celebrar a volta deste seu irmão e alegrar-nos, porque ele estava morto e voltou à vida, estava perdido e foi achado’).

Deus é nosso pai. Quando pecamos, somos como o filho pródigo, abandonando nosso pai para desperdiçar nossa vida. O pecado destrói a vida e acaba com as bênçãos que Deus nos dá. O filho pródigo voltando para casa representa quem se arrepende de seus pecados, pedindo perdão a Deus.

Deus fica muito feliz em perdoar quem se arrepende. Ele acolhe com amor e carinho, sem guardar rancor. Sempre que alguém se arrepende, Deus faz uma festa! Ele restaura e transforma, dando uma segunda oportunidade.

Também podemos ser como o irmão mais velho. Quando somos obedientes a Deus não podemos nos esquecer de Seu amor incondicional. Deus não nos ama por causa das coisas que fazemos por Ele. Deus nos ama porque somos Seus filhos! Como é fácil nos sentirmos “injustiçados” (com inveja) quando outra pessoa “menos digna” é abençoada por Deus! Mas o arrependimento deveria ser motivo de grande alegria para todos nós. Quando largamos a inveja, vemos que Deus também nos dá muitas bênçãos que podemos aproveitar. Não temos motivo para sentir inveja.

Aleluia!

Gratidão e Oração!

Senhor, agradecemos-lhe por mais um dia de vida, por esta reflexão, orientação e entendimento da Tua Palavra Viva, Perfeita e Agradável aos nossos corações. Clamamos a Ti, oh Pai Glorioso, abençoa-nos dando-nos discernimento sobre todas as coisas, capacitando-nos, cada dia mais, a proclamarmos os Teus ensinamentos para toda criatura:

Marcos 16:15 – E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura

Enche-nos da Tua Presença, Espírito Santo obrigado por habitar em nossos corações. Que o nome Santo e Poderoso de JESUS CRISTO seja glorificado através da nossa vida e não do nosso nome, nossa fama, nosso ministério, reconhecendo que não podemos receber coisa alguma se do céu não nos for dada.

Toda honra, glória, poder, domínio e majestade pertencem a Ti, SENHOR. Somos apenas instrumentos nas Tuas mãos. Por isso, oramos e te agradecemos em nome de Jesus. Louvado e engrandecido seja o nome Santo e Poderoso do nosso Senhor Jesus Cristo, único Salvador!

Aleluia e Amém!

[ Compartilhe ] [ Pedidos de Oração ] [ Doações ]

Graça e Paz de Jesus Cristo!

Deus te Abençoe!

6 respostas para “A PARÁBOLA DO FILHO PRÓDIGO”

  1. A paz, sou a pastora Aurora, irmã do Pastor Fausto, Jesus abençoe seu ministério e que sua palavra seja eco da palavra de Deus e abençoe os corações aflitos e traga almas para Jesus. Feliz por conhecer o seu ministério. Jesus abençoe

    1. A Paz Pastora Aurora, é com muita honra que recebo sua visita, comentários e bênção proferida, em nome de Jesus. Estou muito feliz! Tenho acompanhado e aprendido bastante com suas ministrações abençoadas também, o que me faz ser um aluno melhor de e para Jesus. Que o vosso ministério seja cada dia mais e mais abençoado na vida dos corações aflitos, resgatando uma multidão, milhares de almas, para Jesus. Deus te abençoe! Gratidão!

  2. Unquestionably believe that that you stated. Your favorite reason appeared
    to be at the net the simplest factor to be mindful of.
    I say to you, I certainly get irked at the same time as people think about issues that they just don’t recognize about.
    You controlled to hit the nail upon the top as well as defined out the entire thing without having side
    effect , people can take a signal. Will likely be back
    to get more. Thanks

  3. Today, I went to the beach with my children. I found
    a sea shell and gave it to my 4 year old daughter and said “You can hear the ocean if you put this to your ear.” She placed the shell to her ear and screamed.
    There was a hermit crab inside and it pinched her ear. She never wants to go back!
    LoL I know this is entirely off topic but I had to tell someone!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!