MARIA E O MINISTÉRIO DE JESUS

Quando Jesus começou seu ministério, Ele foi para um casamento na cidade de Caná e Maria também foi. A certa altura, Maria contou a Jesus que o vinho tinha acabado, uma situação muito embaraçosa para os noivos [João 2:1 a 3No terceiro dia houve um casamento em Caná da Galileia. A mãe de Jesus estava ali; Jesus e seus discípulos também haviam sido convidados para o casamento. Tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm mais vinho.]. Jesus não tinha realizado nenhum milagre e explicou à sua mãe que sua hora ainda não tinha chegado. Parece que Maria esperava que ele assumisse seu lugar como Rei de Israel, mas Jesus sabia que ainda era cedo para isso.

Depois Maria disse aos empregados que eles deveriam fazer o que Jesus lhes ordenasse [João 2:4 e 5Respondeu Jesus: Que temos nós em comum, mulher? A minha hora ainda não chegou. Sua mãe disse aos serviçais: Façam tudo o que ele mandar.]. Jesus mandou encher vários potes grandes com água e a água se transformou em vinho da melhor qualidade! Esse foi seu primeiro milagre.

Mais tarde durante seu ministério, os parentes de Jesus acharam que ele não estava bem da cabeça e tentaram impedi-lo de continuar a pregar. Em uma ocasião, Maria veio com seus outros filhos para visitar Jesus onde ele estava pregando. Porém, havia uma multidão no seu caminho. Por isso, enviaram uma mensagem a Jesus, pedindo para ele parar de pregar um pouco para conversar com eles [Marcos 3: 31 e 32Então chegaram a mãe e os irmãos de Jesus. Ficando do lado de fora, mandaram alguém chamá-lo. Havia muita gente assentada ao seu redor; e lhe disseram: Tua mãe e teus irmãos estão lá fora e te procuram.]. Jesus usou a ocasião para explicar que sua verdadeira família são todos aqueles que fazem a vontade de Deus [Marcos 3: 33 a 35 – Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?, perguntou ele. Então olhou para os que estavam assentados ao seu redor e disse: Aqui estão minha mãe e meus irmãos! Quem faz a vontade de Deus, este é meu irmão, minha irmã e minha mãe.].

Jesus não rejeitou sua mãe, mas também não permitiu que ela atrapalhasse seu ministério. Apesar de amar sua mãe, ele tinha de cumprir a vontade de Deus acima de tudo. Seus discípulos também eram sua família.

Gratidão Deus!

Oremos!

Senhor, agradecemos-lhe por mais um dia de vida, por esta reflexão, orientação e entendimento da Tua Palavra Viva, Perfeita e Agradável aos nossos corações. Clamamos a Ti, oh Pai Glorioso, abençoa-nos dando-nos discernimento sobre todas as coisas, capacitando-nos, cada dia mais, a proclamarmos os Teus ensinamentos para toda criatura:

Marcos 16:15 – E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura

Enche-nos da Tua Presença, Espírito Santo obrigado por habitar em nossos corações. Que o nome Santo e Poderoso de JESUS CRISTO seja glorificado através da nossa vida e não do nosso nome, nossa fama, nosso ministério, reconhecendo que não podemos receber coisa alguma se do céu não nos for dada.

Toda honra, glória, poder, domínio e majestade pertencem a Ti, SENHOR. Somos apenas instrumentos nas Tuas mãos. Por isso, oramos e te agradecemos em nome de Jesus. Louvado e engrandecido seja o nome Santo e Poderoso do nosso Senhor Jesus Cristo, único Salvador!

Aleluia e Amém!

[ Compartilhe ] [ Pedidos de Oração ] [ Doações ]

Graça e Paz de Jesus Cristo!

Deus te Abençoe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!