PARABÉNS QUERIDAS MAMÃES ABENÇOADAS DE DEUS

MARIA foi, sem dúvida, a mãe mais importante de toda a Bíblia. Foi uma mãe elogiável, não porque tivesse algum mérito em si mesma, ou porque fosse melhor que as outras mães, mas por causa da importância do seu Filho: JESUS CRISTO. Se considerarmos o privilégio tal que ela teve em ser escolhida para participar na vinda do Salvador ao mundo, podemos concluir que Maria foi a mãe mais relevante em toda a história.

LUCAS 1 : 30 a 33 – Mas o anjo lhe disse: Não tenha medo, Maria; você foi agraciada por Deus! Você ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Jesus. Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi, e ele reinará para sempre sobre o povo de Jacó; seu Reino jamais terá fim.

Que graça maravilhosa poder carregar no ventre e depois nos braços o maravilhoso Filho de Deus! MARIA foi uma mulher abençoada, por ter sido ESCOLHIDA e se disponibilizado para o CUMPRIMENTO DA VONTADE DE DEUS. Que felicidade para essa mãe! Mesmo assim, isso não a isentou de sofrer algumas dificuldades. MARIA era uma jovem comum no seu tempo, VIRGEM, noiva de José, mas que por ter aceitado, pela fé, este grande desafio, poderia pôr em risco toda a sua vida e o seu futuro casamento. O próprio José, quando soube que a noiva estava grávida, quase a abandonou. Só não o fez por ter sido avisado pelo anjo do Senhor.

MATEUS 1 : 18 a 21 – Foi assim o nascimento de Jesus Cristo: Maria, sua mãe, estava prometida em casamento a José, mas, antes que se unissem, achou-se grávida pelo Espírito Santo. Por ser José, seu marido, um homem justo, e não querendo expô-la à desonra pública, pretendia anular o casamento secretamente. Mas, depois de ter pensado nisso, apareceu-lhe um anjo do Senhor em sonho e disse: José, filho de Davi, não tema receber Maria como sua esposa, pois o que nela foi gerado procede do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, e você deverá dar-lhe o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos seus pecados.

MARIA aceitou a graça de abraçar a JESUS CRISTO, apesar das possíveis retaliações familiares e da provável crise no relacionamento com José [LUCAS 1 : 46 e 47 – Então disse Maria: Minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador].

A de MARIA em DEUS e nas suas promessas era o seu compromisso número um. A sua firme confiança na chegada do MESSIAS fez com que colocasse todo o resto em segundo plano: a família, os sonhos, relacionamentos, sua reputação, etc. Toda a sua vida poderia ser manchada pela concepção extraordinária do CRISTO. Mas, ela considerou tudo isso como secundário perante a possibilidade de servir na chegada de JESUS ao mundo.

Viver a maternidade é um grande desafio para toda mulher, em qualquer idade, lugar ou estágio da vida. Além disso, é também um enorme privilégio poder participar da geração de outra vida, zelando pela chegada de outro ser humano na terra. Poder abrigar o desenvolvimento de um ser tão pequenino e amado por Deus é uma dádiva valiosa para qualquer mulher.

A chegada de um filho altera tudo à volta dos pais. Para abraçar essa dádiva é preciso prescindir de algumas coisas e entregar-se de corpo e alma para a árdua e maravilhosa tarefa de simplesmente: SER MÃE, SERMARIA“.

MARIA fez isso, não somente com Jesus, mas também com os seus outros filhos que teve com José [MATEUS 13 : 55 – Não é este o filho do carpinteiro? O nome de sua mãe não é Maria, e não são seus irmãos Tiago, José, Simão e Judas?]

*Judas Adelfo, chamado de um dos irmãos de Jesus, segundo o Novo Testamento (em grego: ἀδελφοί, transl.adelphoi).[1][2] Ele é tradicionalmente identificado como sendo o autor da Epístola de Judas, uma curta epístola que é uma das sete Epístolas católicas (em contraposição às Epístolas paulinas) do Novo Testamento e considerada cânonica em todo o Cristianismo.[3][4] Uma vez que Tiago, o Justo, primeiro “bispo” de Jerusalém, também é considerado irmão de Jesus, Judas é também chamado de Judas, irmão de Tiago

MARIA, na sua condição limitada, aceitou o desafio da maternidade. Se você já é ou sonha ser mãe, considere exercer essa oportunidade de forma amorosa e altruísta. Não rejeite seu filho, supondo ser um peso ou entrave na sua vida. Infelizmente, para muitas mulheres, a maternidade tem sido vista como um pesadelo. Mas, para a mulher que aceita essa dádiva com apreço, ser mãe passa a ser um atributo, uma expressão de amor, de renúncia e bondade vindos do próprio DEUS.

Há outros exemplos de mães na Bíblia que também poderiam servir para nossa instrução e advertência. A história de Loide e Eunice, a avó e a mãe de Timóteo, por exemplo, mostram a importância de ensinar as bases para a Fé de uma geração a outra [2 TIMÓTEO 3 : 14 e 15 – Quanto a você, porém, permaneça nas coisas que aprendeu e das quais tem convicção, pois você sabe de quem o aprendeu. Porque desde criança você conhece as Sagradas Letras, que são capazes de torná-lo sábio para a salvação mediante a fé em Cristo Jesus].

Mas, acima de todas as lições aprendidas, o próprio DEUS nos ensina sobre o verdadeiro amor e entrega [JOÃO 3 : 16 – Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna]. DEUS nos deu seu Filho como prova do seu grande amor e deseja que todos nós sejamos semelhantes a JESUS CRISTO, em amor, altruísmo e obediência a Ele.

DEUS abençoe a todas as mamães queridas, para que tenham, não apenas um dia, mas, todos os dias de vossas vidas com muita alegria em vossos lares junto de seus entes familiares queridos. Que vossos dias sejam cheios da presença do Espírito Santo de Deus, transbordando AMOR, PAZ, ALTRUÍSMO E OBEDIÊNCIA ao nosso Senhor e Salvador Deus Pai Todo Poderoso, eternamente. Amém!

Gratidão Deus!

Oremos!

Senhor, agradecemos-lhe por mais um estudo, orientação e entendimento da Tua Palavra Viva, Perfeita e Agradável aos nossos corações. Clamamos a Ti, oh Pai Glorioso, abençoa-nos dando-nos discernimento sobre todas as coisas, capacitando-nos, cada dia mais, a proclamarmos os Teus ensinamentos para toda criatura:

Marcos 16:15 – E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura

Enche-nos da Tua Presença, Espírito Santo obrigado por habitar em nossos corações. Que o nome Santo e Poderoso de JESUS CRISTO seja glorificado através da nossa vida e não do nosso nome, nossa fama, nosso ministério, reconhecendo que não podemos receber coisa alguma se do céu não nos for dada.

Toda honra, glória, poder, domínio e majestade pertencem a Ti, Senhor Jesus. Somos apenas instrumentos nas Tuas mãos. Por isso, oramos e te agradecemos em nome de Jesus. Louvado e engrandecido seja o nome Santo e Poderoso do nosso Senhor Jesus Cristo, único Salvador!

Aleluia e Amém!

[ Compartilhe ] [ Pedidos de Oração ] [ Doações ]

Graça e Paz de Jesus Cristo.

Deus te Abençoe!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Content is protected !!